Vitorassi e Gessani são conduzidos pela Policia Federal na 6ª fase da Pecúlio | Tribuna Popular

Vitorassi e Gessani são conduzidos pela Policia Federal na 6ª fase da Pecúlio

Data: 16/12/2016 - 12:12 | Categoria: Política |   Bookmark and Share

Após prender 12 dos 15 vereadores de Foz do Iguaçu na última quinta-feira (15), na 5ª fase da Operação Pecúlio, a Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público, iniciou a sexta etapa da ação na manhã desta sexta-feira, 16 de dezembro de 2016.

Hoje, 67 mandados judiciais foram cumpridos pela Policia Federal na fronteira, na segunda fase da Operação Nipoti. As medidas foram expedidas pela 3ª Vara da Justiça Federal de Foz, com  o objetivo de desarticular uma quadrilha voltada para a prática de irregularidades dentro da Prefeitura e da Câmara Municipal, mediante a desvio de recursos públicos, para obter vantagens indevidas. Segundo investigações, apenas em obras de pavimentação, a cidade teve prejuízo em torno de R$ 4,5 milhões.

Cerca de 120 Policiais Federais estão cumprindo 31 mandados de condução coercitiva e 36 mandados de busca e apreensão em residências e locais de trabalho dos investigados. Dentre as conduções coercitivas, mais dois vereadores da cidade foram levados até a Polícia Federal para prestar esclarecimentos: Dilto Vitorassi (PV) e Gessani da Silva (PP).

Além dos vereadores, o professor Sérgio de Oliveira, que é segundo suplente de Deputado Federal, também foi conduzido à PF nesta sexta, 16.

Fonte: 

http://www.clickfozdoiguacu.com.br/vitorassi-e-gessani-sao-conduzidos-pf-na-6a-fase-da-peculio/   

Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br