Vereadora que apresentou atestado e viajou para o Rock in Rio é afastada | Tribuna Popular

Vereadora que apresentou atestado e viajou para o Rock in Rio é afastada

Data: 19/06/2018 - 16:06 | Categoria: Política |   Bookmark and Share

Nanci Rafagnin Andreola (PDT), de Foz do Iguaçu, foi considerada culpada no processo por quebra de decoro parlamentar e terá o mandato suspenso por 30 dias

A Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, aprovou nesta terça-feira 19 de junho de 2018 por 14 votos a um o projeto de resolução que determina o afastamento de 30 dias da vereadora Nanci Rafain Andreola (PDT) por quebra de decoro parlamentar.

A punição foi indicada pelo Conselho de Ética, que investigou uma denúncia apontando que Nanci apresentou um atestado para justificar a falta na sessão realizada um dia antes de viajar para o Rock in Rio, em setembro de 2017, sem ter comparecido ao médico.

Durante o afastamento, a vereadora não receberá o salário referente ao tempo de suspensão do mandato.

O relatório final elaborado pelo vereador João Miranda (PSD) foi lido na sessão do dia 6 de junho de 2018.

Para o relator, o atestado apresentado pela vereadora não pode ser considerado válido, já que Nanci assumiu que não foi à consulta e que o médico que teria assinado o atestado disse ao conselho que não emitiu o documento.

O caso também é investigado pelo Ministério Público Estadual (MP-PR), que a denunciou por falsificação de documento particular e uso de documento falso.

O MP solicitou à Câmara ainda outros atestados eventualmente apresentados por Nanci ou assinados pelo mesmo médico.

A defesa de Nanci declarou ter sido correta a decisão dos vereadores de suspendê-la por 30 dias e destacou que ela foi vítima de perseguição política.

O advogado Gustavo Guedes destacou ainda que a vereadora deve responder criminalmente por uso e não por confecção de documento falso.

O atestado

Em depoimento encaminhado por e-mail ainda em maio, o médico Maxsuel Fidélis da Pádua Almeida afirmou que o atestado atribuído a ele e apresentado pela vereadora é falso.

Questionado, o médico disse não conhecer Nanci, que soube da notícia pelos jornais e que não reconhece o documento, de uma clínica em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

"Não confirmo a emissão do atestado, e ainda menciono que a letra e a assinatura do atestado não é minha", declarou Almeida.

O caso

A vereadora passou a ser investigada por quebra de decoro parlamentar depois de uma denúncia apontar que ela usou o documento para justificar a falta a uma sessão, no dia 21 de setembro de 2017.

No dia seguinte, ela postou fotos no Rock in Rio, festival de música do Rio de Janeiro.

Em nota, a vereadora falou que o atestado foi entregue a uma pessoa de confiança dela e que os “responsáveis por eventual ilícito deverão ser identificados e punidos”. Nanci não voltou a afirmar, no entanto, ter passado por consulta médica. (Fonte G1)

Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br