Usuária faz desabafo e pede mais humanidade no atendimento na Saúde | Tribuna Popular

Usuária faz desabafo e pede mais humanidade no atendimento na Saúde

Data: 05/07/2019 - 12:07 | Categoria: Saúde |   Bookmark and Share

"Atendimento em alguns postos devem ser revistos", defendeu Tânia Pereira em post publicado no Facebook

"O atendimento em alguns postos de saúde devem ser revistos. Sei que é um trabalho desgastante física e psicologicamente. Pessoas enfermas, com pressa, com dor, querendo atenção, mas quem vai lá é porque precisa e espera, pelo menos um pouco de respeito, humanidade e ajuda". O desabafo feito na terça-feira (25/06/2019) por meio de uma publicação no grupo "Elogios e Reclamações de Foz do Iguaçu", na rede social Facebook, resume o sentimento de centenas de usuários do serviço público de Saúde do município.

Responsável pelo post, Tânia Pereira pontuou também a insatisfação de servidores que atendem o público nas unidades sem o mínimo de empatia com a dor do próximo. "Muitas pessoas trabalham insatisfeitas, não dão informações, te tratam sem um mínimo de compreensão pelo que você está passando. Já virou rotina. Você é simplesmente mais um que está ali para incomodar. Não se interessam realmente pelo problema que você está passando para poder ver se tem uma maneira de facilitar a resolução do mesmo. Não interessa se você pode andar ou não, sua obrigação é ir até a sala, como? É problema seu", completa.

A internauta aproveitou as redes sociais para denunciar ainda o descaso com a dor dos pacientes. "Depois de finalmente ser atendido, você fica esperando por notícias e ninguém sabe de nada. Ninguém chega perguntando quem está acompanhando fulano de tal e diz o que estão fazendo, se você não correr atrás, fica ali, esperando, esperando", desabafa.

Na avaliação da internauta que faz uso do serviço público de Saúde em Foz, o setor é muito importante e delicado. Diante desta realidade, "é preciso de pessoas que possam transmitir um pouco de carinho e preocupação por cada um que vai ali procurando alívio. Precisam respeitar o sofrimento, a carência física e econômica. Tentar se colocar no lugar de quem está precisando de ajuda e ver se você gostaria de ser tratado daquela forma. HUMANIDADE E AMOR NO QUE VOCÊ FAZ pode fazer toda a diferença", finaliza.

Fonte:

http://www.jtribunapopular.com.br/uploads/publicacoes/jornal-tribuna-popular-edicao-262-pdf.pdf   





Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br