TCE-PR revela que 14 obras de Foz estão paradas ou nem começaram | Tribuna Popular

TCE-PR revela que 14 obras de Foz estão paradas ou nem começaram

Data: 12/06/2019 - 18:06 | Categoria: Política |   Bookmark and Share

Interrupção em serviços de pavimentação de vias e construção de novas pontes lideram a lista; construção da Pista de Arrancada não saiu do papel

Levantamento feito pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) a pedido do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) revelou que Foz do Iguaçu conta com 14 obras paralisadas ou que sequer foram iniciadas pela atual gestão da Prefeitura Municipal.

De acordo com o relatório publicado na última semana, a maior parte dos empreendimentos suspensos na cidade é relacionada a serviços de pavimentação asfáltica e a construção de pontes. O último contrato suspenso pela Prefeitura que culminou com a paralisação de obras foi com a empreiteira V-Tech, responsável por pavimentar ruas e avenidas do município.

Conforme documento interno da Secretaria de Obras, a suspensão se deu por tempo indeterminado "motivado pela necessidade de alterações nos projetos, redimensionamento do objeto contratado". O problema da malha viária precária é recorrente em Foz do Iguaçu e atinge praticamente todas as regiões da cidade.

SÓ NO PAPEL

A construção de uma pista de arrancada que deveria ter sido iniciada em 25 de abril passado é uma das obras do prefeito Chico Brasileiro que continuam apenas no papel. Garantida por meio de emenda parlamentar do deputado estadual Rubens Recalcati, a obra deverá ser construída pela empresa Alti Engenharia e Arquitetura LTDA.

Na primeira etapa das obras, deverão ser elaborados os projetos estruturais, elétrico, hidráulico, drenagem, prevenção e combate a  incêndio, sonorização, terraplenagem, pavimentação, topografia, serviços geotécnicos e geológicos. A ordem de serviço deveria ter sido no início do ano.

PROMESSA

A Pista de Arrancada terá 550 metros de comprimento e 7,5 metros de largura cada, totalizando 15 metros. O pavimento terá 220 metros de concreto e 330 metros de asfalto, de acordo com o projeto arquitetônico.

Além disto, serão 130 metros de arquibancada em concreto, mais 200 metros de arquibancada com grama para diminuir o calor. As equipes terão à disposição 23 boxes fechados. O complexo vai dispor ainda de 200 metros por 30 metros em calçada para eventos, shows, feiras de agroindústria e agronegócio. A previsão de conclusão da obra, quando iniciada, é de quatro meses.

Fonte: 

http://www.jtribunapopular.com.br/uploads/publicacoes/jornal-tribuna-popular-edicao-261-pdf.pdf   





Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br