Será que o plenário da Câmara votará pela impunidade de Nanci? | Tribuna Popular

Será que o plenário da Câmara votará pela impunidade de Nanci?

Data: 13/06/2018 - 00:06 | Categoria: Política |   Bookmark and Share

Depois dos episódios, inclusive ações do MP qual será a posição do conjunto dos vereadores

Caberá ao plenário da Câmara com o conjunto dos vereadores decidir se mantém a impunidade legislativa de Nanci Rafagnin Andreola ou reformula a decisão do Conselho de Ética, talvez abrindo novo processo ou concorda que o caso termine em pizza.

O caso da vereadora colocou a Câmara em xeque. Mantida a posição do conselho, o Legislativo deixará cair por terra tudo que vem pregando sobre moralismo e defesa da ética.

A estratégia da defesa da vereadora Nanci Rafagnin Andreola, referente ao caso Rock In Rio, foi a de induzir o Conselho de Ética da Câmara e conseguiu que o relatório pedisse apenas 30 dias de afastamento. O advogado de defesa Gustavo Bonini Guedes chegou a pedir o arquivamento da denúncia de quebra de decoro pelo fato de a vereadora ter apresentado atestado em dia de sessão e na data seguinte estar em um badalado festival de rock no Rio de Janeiro.

A manifestação oficial do médico negando a assinatura no atestado é fato relevante que o Conselho de Ética resolveu ignorar e colocou a casa de leis no descrédito.

Estratégia da defesa foi desmontada

A defesa da vereadora Nanci Rafagnin Andreola não contava com as respostas do médico Maxsuel Fidélis de Pádua Almeida. Ele disse que não é dele a assinatura no atestado apresentado pela vereadora para justificar falta em sessões da Câmara.

Também afirmou que a caligrafia no documento também não é dele. O fato novo desmonta a estratégia da defesa que ainda alimentava esperanças de o médico não se manifestar ou assumir a emissão do atestado, o que não ocorre.

Desta forma, quem pensava em uma medida mais branda como advertência ou talvez um afastamento temporário de Nanci agora não tem dúvidas de que a situação dele complicou muito e deverá ter o mandato cassado a bem da preservação da imagem do Legislativo.

Fatos inegáveis

No dia 21 de setembro do ano passado ocorreu uma sessão ordinária e uma sessão extraordinária. Nanci não compareceu. Apresentou um atestado assinado por médico do Hospital Angelina Caron, de Campina Grande do Sul (PR). O CID (Código Internacional de Doenças), constante no documento é o S-800. Isso significa, dentre outros, contusão no joelho.

Por esse motivo, Nanci não compareceu as sessões e apresentou o atestado como justificativa. Entretanto, no dia seguinte, a vereadora apareceu no Rockin In Rio, acompanhada de outras pessoas, possivelmente amigas e familiares. Ela mesma postou as fotos no facebook. Nanci aparece em pose até ao lado de artista global.

Jornal denunciou a fraude

Os fatos envolvendo a vereadora Nanci Rafagnin Andreola foram revelados inicialmente pelo jornal Tribuna Popular, na edição 227 que circulou no período de 8 a 14 de março de 2018. O caso repercutiu nos meios políticos e na imprensa gerando forte impacto na opinião pública.

Conforme o Tribuna denunciou, a vereadora alegou doença, faltou em sessões do dia 21 de setembro de 2017, mas no dia seguinte apareceu no Rock In Rio, conforme documentos publicados na matéria. O jornal obteve as informações a partir de matérias nas edições anteriores que apontavam Nanci como a campeã em faltas no ano passado.

Fonte:

http://www.jtribunapopular.com.br/uploads/publicacoes/jornal-tribuna-popular-edicao-235-pdf.pdf   

Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br