Risco iminente de incêndio na Upa do Morumbi é denunciado aos Bombeiros | Tribuna Popular

Risco iminente de incêndio na Upa do Morumbi é denunciado aos Bombeiros

Data: 04/11/2019 - 09:11 | Categoria: Saúde |   Bookmark and Share

Vereadora Anice Gazzaoui esteve no local e confirmou a precariedade das instalações elétricas da unidade

“Usando minhas atribuições constitucionais de legislar e fiscalizar, informo o risco iminente de uma tragédia no centro de saúde denominado UPA Morumbi”. A denúncia, de autoria da vereadora Anice Gazzaoui, foi formalizada ao comando do Corpo de Bombeiros de Foz do Iguaçu ao final do último sábado (02/11/2019).

Após ser comunicada por usuários da unidade preocupados com as condições das instalações elétricas da UPA, a parlamentar decidiu vistoriar o local para tomada das ações cabíveis com objetivo de resguardar a integridade física de trabalhadores e usuários do equipamento público.

“Ontem, na data de 2 de novembro, recebemos uma denúncia de que as instalações elétricas do UPA Morumbi continuam precárias. Há mais de um mês fizemos um requerimento na Câmara e pedimos providências ao secretário de Saúde, Nilton Bobato. Nada foi feito até o momento, pelo contrário”, afirmou a vereadora em vídeo compartilhado em sua página no Facebook no domingo (03).

“Este centro de Saúde sofre com quedas de disjuntores de energia, causando sérios transtornos aos pacientes ali internados, tendo em vista que muitos precisam de ventilação forçada, raio x, oxigênio, entre outros. Termos relatos de funcionários que atestam a precariedade das instalações elétricas, pois, além de antigas, não recebem manutenção preventiva, apenas corretiva”, detalhou a vereadora.

“Constatamos que a oscilação de energia e a situação precária da instalação elétrica do UPA está colocando não só os funcionários, mas também os munícipes de foz do Iguaçu em risco. Descobrimos que não existe um plano de brigada, não existe um plano de evacuação do local e muito menos existe um contingente do combate ao incêndio”, reforçou.

Por iniciativa de Anice Gazzaoui, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros foram acionados para vistoriarem a UPA e as denúncias foram confirmadas. “Depois de constatarmos essa situação e termos a confirmação, nós formalizamos a denúncia e entregamos ao Corpo de Bombeiros, que a noite vieram à unidade e puderam constatar in loco que realmente a denuncia era fundamentada. Ficou determinado um prazo junto a UPA para que regularizem a situação para que não haja prejuízos maiores à população”, informou Anice Gazzaoui.

“Sendo assim, peço que medidas urgentes sejam tomadas, para que não tenhamos em Foz do Iguaçu uma tragédia como foi a ocorrida recentemente no Rio de Janeiro, onde mais de vinte pessoas morreram e outras dezenas ficaram feridas após incêndio em casa hospitalar”, finalizou.

Devido a denúncia formulada, o Tribuna Popular acompanhou a vistoria no UPA do Morumbi realizada pelo Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil no final da noite do último sábado (02/11/2019). Na saída da vistoria o oficial do Corpo de Bombeiros Tenente Rogério não quis informar a imprensa quais medidas foram tomadas.  

O Portal de Noticias Tribuna Popular conversou um funcionários do UPA qual disse "muito estranho o tenente do corpo de bombeiros quere esconder o que aconteceu aqui, na verdade sim o UPA Morumbi foi autuado por inúmeras irregularidades na área de prevenção a incêndio, porem na autuação foi dado prazo de 20 dias para as irregularidades serem sanadas, caso contrário, poderá ser interditada e fechada ao público".

Fotos: Enrique Alliana

 





Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br