Presidente da Câmara diz que aguarda notificação sobre retorno de vereadora | Tribuna Popular

Presidente da Câmara diz que aguarda notificação sobre retorno de vereadora

Data: 10/07/2019 - 16:07 | Categoria: Política |   Bookmark and Share

Em virtude das últimas notícias veiculadas na imprensa sobre a decisão do TJ-PR em favor de Anice Gazzaoui, anulando a cassação de mandato por quebra de decoro parlamentar, o Presidente da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, Beni Rodrigues, disse nesta quarta-feira 10 de julho de 2019 que aguardará notificação sobre o retorno ao cargo. Havendo protocolo de pedido de posse, a Presidência consultará o setor jurídico para o devido encaminhamento e cumprimento de decisão judicial.

“Pelo que vimos ontem na imprensa, o próprio Tribunal de Justiça notificará a Câmara sobre o processo de cassação. Se o Tribunal de Justiça determinar que Anice reassuma o cargo, ela será empossada e vou cumprir a lei”, explicou o Presidente. Ao mesmo tempo, Beni ressalta que o Legislativo deve solicitar à Justiça Federal manifestação sobre o processo principal que envolve o nome de cinco vereadores reeleitos.

O presidente voltou a tranquilizar a população sobre os trabalhos da Câmara. Segundo ele, a alternância nessas cinco cadeiras não afeta as atividades. “Em dois anos e meio desta legislatura, já temos 300 leis aprovadas e em vigor. Não há prejuízo nenhum para as comunidades, pelo contrário, estamos alcançando recorde de trabalho e votação de leis em benefício da população”, destacou.

De acordo com Beni, “caso a vereadora Anice seja empossada, a casa segue atuando. Tenho certeza que isso não vai interferir nos trabalhos da Casa de Leis. Temos vários projetos importantes para serem votados, então o andamento da Câmara não será afetado”. Sendo efetivado o retorno da vereadora, quem deixará o cargo é o suplente Marcelinho Moura (Podemos).

Fonte e Foto: Assessoria de Comunicação da CMFI





Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br