Policia Nacional do Paraguai prende brasileiro que matou a esposa | Tribuna Popular

Policia Nacional do Paraguai prende brasileiro que matou a esposa

Data: 09/11/2018 - 09:11 | Categoria: Segurança |   Bookmark and Share

No dia de ontem, quinta-feira 08 de novembro de 2018, a Policia Nacional do Paraguai, equipe da Direção Geral de Investigação Criminal prendeu a pessoa identificada como sendo Diego Sa Guimarães da Silva, de 32 anos de idade, o qual possuía um mandado de prisão expedido pela Justiça do Brasil em decorrência de um crime de homicídio.

O Crime

Segundo informações do Ministério Público do Estado do Pará, em decorrência de um inquérito policial onde oficializou denúncia contra Diego Sá Guimarães da Silva e Rodolfo de Oliveira Monteiro. Eles são acusados do assassinato de Kalícia Drienne dos Santos Almeida. O crime aconteceu na manhã do dia 18 de setembro de 2018, no Km 06 da PA 140 do município de Santa Izabel do Pará. De acordo com a 2ª promotora de Justiça Criminal, Ana Carolina Vilhena Gonçalves Gomes, Diego não aceitava o término do relacionamento com a vítima. Eles foram casados durante um ano e estavam separados há três meses.

A Promotoria requereu a pronúncia dos denunciados a fim de que sejam submetidos a julgamento perante o Tribunal do Júri.

Segundo o Ministério Público, na manhã do crime Diego estacionou um veículo por ele alugado em uma rua próxima de onde estava Kalícia. Dentro do automóvel estava seu comparsa Rodolfo Monteiro, autor dos disparos de arma de fogo que tiraram a vida de Kalícia e atingiram Jefferson Pereira Reis, que havia pegado carona com a vítima. As investigações concluíram que Diego pagou R$ 1.200,00 a Rodolfo.

Assim que Kalícia iniciou viagem pela Rodovia PA-140, que dá acesso ao município de Santo Antônio do Tauá, foi perseguida por Diego e Rodolfo. Após emparelhar com o carro da vítima, Rodolfo baixou os vidros e fez vários disparos, atingindo os dois ocupantes do Fiat Uno. Kalícia morreu na hora e Jefferson foi socorrido por populares e levado ao hospital, onde sobreviveu.

Apesar dos assassinos terem empreendido fuga, a polícia identificou os suspeitos através da locadora de automóveis, assim como o carro utilizado e o responsável pelo aluguel. Como o carro tinha GPS, foi consultado o mapa de deslocamento e o crime foi desvendado.

Os dois foram denunciados pelos crimes de homicídio qualificado em relação a morte de Karlícia e tentativa de homicídio referente aos ferimentos graves de Jefferson. Diego também será enquadrado na Lei Maria da Penha e, tanto ele quanto o comparsa, na Lei de Crimes Hediondos. O Poder Judiciário decretou a prisão dos envolvidos.

Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br