Policia Civil estoura ponto de venda de cocaína no Bairro Três Lagoas | Tribuna Popular

Policia Civil estoura ponto de venda de cocaína no Bairro Três Lagoas

Data: 07/10/2019 - 15:10 | Categoria: Segurança |   Bookmark and Share

Na manhã do último sábado, 05 de outubro de 2019, policiais civis do GDE (Grupo de Diligências Especiais) da Delegacia da Policia Civil de Foz do Iguaçu realizaram a apreensão de dezenas de “buchas” de cocaína em uma residência localizada na região do Bairro Três Lagoas.

A equipe já tinha o conhecimento de alguns indivíduos que faziam o tráfico de entorpecentes naquela região, e diante de outras informações que colaboraram com o flagrante, os policiais conseguiram adentrar na residência no momento em que os três indivíduos ali presentes fracionavam uma quantidade de entorpecentes conhecido como “cocaína”, em vários invólucros de plásticos, as quais caracterizaram a comercialização.

No momento da abordagem, a equipe identificou dois indivíduos maior de idade, sendo eles G.L., de 25 anos, C.E.M, de 18 anos e um menor de 17 anos de idade. Além dos indivíduos, foi apreendido nesta situação uma porção de drogas totalizou 105 gramas da substância, onde parte dela já estava fracionada em 116 invólucros.

Os maiores foram encaminhados para a Delegacia de Polícia, sendo autuados pelos crimes de corrupção de menores de tráfico de entorpecentes, permanecendo presos e a disposição da justiça. Já o menor de 17 anos, foi encaminhado a Delegacia do Adolescente, onde respondeu pelo ato praticado e encaminhado ao Cense de Foz do Iguaçu.





Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br