Magistrados denunciam que cocaínas apreendidas estão sendo trocadas por farinha | Tribuna Popular

Magistrados denunciam que cocaínas apreendidas estão sendo trocadas por farinha

Data: 10/08/2018 - 22:08 | Categoria: Segurança |   Bookmark and Share

O titular do JEM (Jurado de Enjuiciamento de Magistrados) do Paraguai, Dr. Cristian Kriskovich, alertou a imprensa que em alguns casos estão trocando as drogas apreendidas, mais precisamente cocaína apreendida para evidencias (provas) onde estão sendo trocados por farinha, culminando com a absolvição dos processados.

Nos últimos meses ao menos dois casos de pessoas processadas por trafico de cocaína, onde o teste inicial comprovou para o principio ativo para a cocaína e após solicitação de uma segunda pericia por parte da defesa, o qual indicava que o material apreendido era farinha de trigo ou farinha de mandioca, explicou o magistrado Cristian Kriskovich.

O magistrado solicita uma investigação, dando indicativo que o material apreendido para evidencia vem sendo trocado durante o curso do processo, fato este acontecido no estado de Salto Del Guairá e Alto Paraná.

Em um dos casos, no momento da apreensão da cocaína, onde foi apreendido um verdadeiro laboratório na produção de Crack, pois a cocaína é simplesmente a matéria prima principal para a produção de Crack, sendo realizado teste no local e durante o processo, o material apreendido foi passado por uma segunda analise a pedido da defesa, onde deu indicativo que o material apreendido era farinha de trigo, culminando com a absolvição dos réus.

Já no outro caso, um estrangeiro foi preso em Ciudad Del Este, no Paraguai com três tabletes de cocaína, sendo que no julgamento os tabletes de cocaína teriam sido substituídos por farinha de mandioca. O magistrado indica que é impossível uma substancia química como a cocaína se transformar em farinha de mandioca durante o processo criminal. E conclui que nestas situações, os magistrados são obrigados a absolver os réus. (Com informações do ABC Digital)

Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br