GAECO/Foz desencadeia Operação Iscariotes com mandados de busca e apreensão | Tribuna Popular

GAECO/Foz desencadeia Operação Iscariotes com mandados de busca e apreensão

Data: 22/05/2020 - 14:05 | Categoria: Segurança |   Bookmark and Share

Operação Iscariotes enquadra ex-vereador e empresário

O Núcleo regional do GEACO de Foz do Iguaçu deflagrou nesta sexta-feira, 22 de maio de 2020 a 2ª fase da denominada “Operação Iscariotes”. Trata-se de investigação instaurada a partir da prisão em flagrante, feita pelo próprio GAECO, do então capitão coordenador operacional do núcleo do GAECO de Foz do Iguaçu, em 28/12/2019, na cidade de Curitiba, quando foi flagrado exigindo vantagem indevida de empresário ligado à empresa ENERGEPAR. A empresa possui contrato com o Município de Foz do Iguaçu para substituição das luminárias locais por lâmpadas de LED.

Infere-se que o citado capitão foi imediatamente afastado de suas funções e responde a ação penal por crime de concussão, junto vara da auditoria militar em Curitiba/PR. As diligências de hoje buscam apurar possíveis crimes de concussão/corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro, dentre outros, os quais têm relação direta com a prisão em flagrante do capitão da PM, ocorrida no fim do ano passado. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela Vara da Auditoria da Justiça Militar de Curitiba, tendo como alvos um ex-vereador de Foz do Iguaçu e um empresário, então assessor do Parlamentar. Nas buscas estão apreendidos documentos, materiais de informática, celulares, além de outros elementos indiciários.

Os dois alvos desta operação o suplente de  vereador Marcelinho Moura,  e  o empresário Landerson Travenssoli.

Veja o release do GAECO/Foz:

Abrir arquivo release-operacao-iscariotes-ii-5-pdf






Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br