Ex-vereador Marcelinho Moura é detido pela PM por desacato | Tribuna Popular

Ex-vereador Marcelinho Moura é detido pela PM por desacato

Data: 05/12/2019 - 15:12 | Categoria: Segurança |   Bookmark and Share

Na tarde de ontem, quarta-feira 04 de dezembro de 2019, por volta das 14h:20min, policiais militares do 14º BPM de Foz do Iguaçu, equipe em serviço no patrulhamento ostensivo RPA (Radio Patrulha Auto) foram acionados para darem apoio a um acidente de trânsito na Rua Marechal Manuel Deodoro da Fonseca, cruzamento com a Rua Bartolomeu Lourenço de Gusmão, defronte ao Hotel Moura, no centro da cidade, para darem apoio ao Corpo de Bombeiros que davam atendimento a um acidente de trânsito com vítimas.

No local, os militares foram acionado por um socorrista do Siate, qual informou que durante o atendimento as vítimas acidentadas, a pessoa identificada como sendo Marcelo Marcolino Moura, começou a tumultuar o atendimento, iniciando uma discussão com o socorrista do Siate, onde em dado momento o ex-vereador Marcelinho Moura veio a desacatar o bombeiro de serviço, onde teria dito "seu merda" e em ato continuo falou que iria falar com o coronel sobre o fato.

De pronto o socorrista do Siate decidiu pela representação, sendo assim o ex-vereador foi detido e encaminhado para a Delegacia da Policia Civil, onde foi conduzido até a Sala do termo Circunstanciado, onde foi lavrado o TC pelo crime tipificado no Art. 331 (Desacatar Funcionário Público no exercício da função ou em razão dela).

Após os procedimentos o ex-vereador foi liberado.

Foto: Marcos Silva





Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br