DEA de Foz elucida homicídio e apreende menor assassino em flagrante | Tribuna Popular “Juvenil” foi vítima de disparos de arma de fogo no Bairro Jardim das Flores em Foz do Iguaçu, vindo à óbito  quando estava à caminho do Hospital, por volta das  10h00m do dia 28/05.

A Polícia Militar encaminhou ainda de manhã um menor de 17 anos de idade por suspeitar que ele fosse o autor do homicídio, sendo que o menor negava a prática do crime.

Diante das informações preliminares, os Investigadores deslocaram até o local do crime, onde lá conversando com populares, uma pessoa disse que viu a vítima andando de bicicleta e em seguida passou um rapaz cor parda, magro e alto, aparentando ser menor de idade, trajando um moletom cor escura e bermuda estampada com uma arma de fogo em punho fazendo dois disparos em direção a vítima, sendo que em seguida o autor teria fugido tomando rumo ignorado.

Sendo assim, os Investigadores foram até a residência do suspeito e depois de busca minuciosa foi encontrado no cesto de roupas suja, uma bermuda cor vermelha estampada e no interior de uma gaveta dentro do guarda roupas onde foi encontrado um moletom na cor verde escura, o qual estava bastante úmido, além de porções de maconha.

As roupas apreendidas foram exibidas à testemunha, que reconheceu como sendo a do autor do homicídio. O menor, que tem 17 anos de idade, foi autuado em flagrante pela prática de homicídio e de posse de droga. Foram realizadas buscas pela arma de fogo, mas até o momento ela não foi localizada.

De acordo com o Delegado Matheus Araujo Laiola, “o menor confessou o que nós já sabíamos. Confessou apenas porque pelo que apuramos já era impossível continuar negando. Ele negou até o final da investigação, até que desistiu de obstruir com a investigação, admitindo ser o autor do homicídio. O trabalho em conjunto com a Polícia Militar foi muito importante para o esclarecimento deste crime”. O menor foi encaminhado ao CENSE.

Fotos: Enrique Alliana 

" />'

DEA de Foz elucida homicídio e apreende menor assassino em flagrante

Data: 28/05/2013 - 23:05 | Categoria: Segurança | Visualizações: 2541 |   Bookmark and Share

Durante todo o dia de ontem (28/05/2013), policiais civis da Delegacia do Adolescente de Foz do Iguaçu, esclareceram o homicídio de Juvenil Campos Clementino, de 32 anos de idade.

“Juvenil” foi vítima de disparos de arma de fogo no Bairro Jardim das Flores em Foz do Iguaçu, vindo à óbito  quando estava à caminho do Hospital, por volta das  10h00m do dia 28/05.

A Polícia Militar encaminhou ainda de manhã um menor de 17 anos de idade por suspeitar que ele fosse o autor do homicídio, sendo que o menor negava a prática do crime.

Diante das informações preliminares, os Investigadores deslocaram até o local do crime, onde lá conversando com populares, uma pessoa disse que viu a vítima andando de bicicleta e em seguida passou um rapaz cor parda, magro e alto, aparentando ser menor de idade, trajando um moletom cor escura e bermuda estampada com uma arma de fogo em punho fazendo dois disparos em direção a vítima, sendo que em seguida o autor teria fugido tomando rumo ignorado.

Sendo assim, os Investigadores foram até a residência do suspeito e depois de busca minuciosa foi encontrado no cesto de roupas suja, uma bermuda cor vermelha estampada e no interior de uma gaveta dentro do guarda roupas onde foi encontrado um moletom na cor verde escura, o qual estava bastante úmido, além de porções de maconha.

As roupas apreendidas foram exibidas à testemunha, que reconheceu como sendo a do autor do homicídio. O menor, que tem 17 anos de idade, foi autuado em flagrante pela prática de homicídio e de posse de droga. Foram realizadas buscas pela arma de fogo, mas até o momento ela não foi localizada.

De acordo com o Delegado Matheus Araujo Laiola, “o menor confessou o que nós já sabíamos. Confessou apenas porque pelo que apuramos já era impossível continuar negando. Ele negou até o final da investigação, até que desistiu de obstruir com a investigação, admitindo ser o autor do homicídio. O trabalho em conjunto com a Polícia Militar foi muito importante para o esclarecimento deste crime”. O menor foi encaminhado ao CENSE.

Fotos: Enrique Alliana 

Atenção

A reprodução deste conteúdo somente é permitida desde que seja dado o crédito à Tribuna Popular, informando o endereço www.jtribunapopular.com.br

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte email jtribunapopular@bol.com.br

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610/1998.