Anvisa proíbe venda de lote de leite condensado por conter bactéria | Tribuna Popular

Anvisa proíbe venda de lote de leite condensado por conter bactéria

Data: 04/01/2018 - 22:01 | Categoria: Nacional |   Bookmark and Share

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu um lote inteiro de leite condensado da marca "Fazendeira" de Minas Gerais. O veto foi ao lote 0681M1 que, de acordo com análises, tem presença, em excesso, de Estafilococos Coagulase Positiva, bactéria que pode provocar vômitos, dor de barriga e mal-estar.

De acordo a Anvisa, “A Baduy e Cia Ltda., empresa fabricante do leite condensado Fazendeira, não poderá mais comercializar e distribuir o produto, além de ter que recolher todo o estoque existente no mercado”. O laudo foi feito pelo laboratório Central Noel Nutels, do Rio de Janeiro.

O lote citado do produto já estava interditado há 90 dias de forma preventiva, prazo que a empresa fabricante do leite condensado tinha para apresentar contraprova. Mas, segundo a Anvisa, isso não ocorreu.

Em nota, a empresa informou que já recolheu todo o produto que estava no mercado. Ainda de acordo com a empresa, não foi registrada nenhuma reclamação relacionada ao lote citado e análise feita por empresa contrata pela fabricante, no mesmo lote analisado pela Anvisa, não encontrou irregularidades.

“Aproveitamos a oportunidade para reiterar nosso compromisso de qualidade e confiabilidade dos nossos produtos com o consumidor, e informamos que o consumo do produto não oferecia riscos para a saúde. A Baduy e Cia. é uma empresa que está há 80 anos no mercado de produtos laticínios e se preocupa com a qualidade e com o controle microbiológico efetivo de todos os produtos e que está a disposição através do SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), cujo contato se encontra na embalagem de nossos produtos, para quaisquer outros esclarecimentos.”, informa a empresa por nota.

Fonte: Midiamax

Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br