Agendamento para exame de ecografia transvaginal demora mais de 4 anos | Tribuna Popular

Agendamento para exame de ecografia transvaginal demora mais de 4 anos

Data: 04/07/2019 - 15:07 | Categoria: Saúde |   Bookmark and Share

Com media de 75 marcações por mês, lista de espera da prefeitura contabiliza mais de 3.500 pedidos

A previsão de agendamento de uma ecografia transvaginal é a maior entre todos os 80 procedimentos ofertados pela Prefeitura de Foz via sistema RP Saúde. A mulher que solicitar o agendamento terá de esperar 4,4 anos até conseguir marcar sua consulta, ou, 1.630 dias. A ecografia (ou ultrassom) transvaginal serve para avaliar a anatomia dos órgãos genitais femininos, como útero, ovários, trompas e colo do útero.

As indicações do exame de Ultrassonografia Transvaginal são para detectar doenças na região pélvica como: endometriose, pólipos endometriais (dentro da cavidade do útero), miomas, gravidez nas trompas ou fora da cavidade do útero, tumores de ovários etc. A rede municipal realiza, em media, 75 exames por mês.

Outro exame com previsão de agendamento maior que mil dias é o de endoscopia. Também chamado de endoscopia digestiva alta e esofagogastroduodenoscopia, o procedimento consiste na introdução de um fino duto através da boca do paciente, capaz de filmar e realizar outras funções, tais como realizar biópsia, colocar balão gástrico e sondas, retirar pólipos e corpos estranhos. A secretaria de saúde contabiliza 3.825 pedidos. O paciente que entra na fila deverá ser atendido em 1.105 dias.

Solicitado pelos médicos em todas as fases de gestação, o exame de ecografia obstétrica era aguardado até a última sexta-feira (28) por 2.742 mulheres. Sua importância maior se dá no 1º trimestre de gravidez, entre a 11º e 13º primeiras semanas de gestação.

O procedimento permite ao médico ver o feto no interior do útero da mãe, através de ultrassons, inofensivos, tanto para o feto como para a mãe. Serve para supervisionar a evolução da gravidez, o bom desenvolvimento fetal e detectar eventuais anomalias no feto. Em Foz do Iguaçu, conforme informado pelo programa RP Saúde, a realização deste exame pela Secretaria Municipal pode levar até 202 dias, ou 29,5 semanas.

Fonte:

http://www.jtribunapopular.com.br/uploads/publicacoes/jornal-tribuna-popular-edicao-262-pdf.pdf   





Atenção

A reprodução das fotos do Portal de Notícias Tribuna Popular com endereço digital jtribunapopular.com.br está expressamente proibida.

As fotos são protegidos pela legislação brasileira, em especial pela Lei de Direitos Autorais (Lei Federal 9.610/98) e é um direito de imagem garantida por lei.

A Tribuna Popular retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a lei 9.610 de 19/02/1998.

Para a reprodução do conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail jtribunapopular@bol.com.br